Veja mais

    Como ter orgasmo?

    By on agosto 20, 2013
    orgasmo2

    Conheça seu corpo e tenha orgasmos maravilhosos: Relaxe e entregue-se ao prazer

    Muitas mulheres têm diversas dúvidas sobre o orgasmo, algumas nem imaginam como seja. Quem já teve um orgasmo sabe como é; se você anda tem dúvidas, é porque não teve. Pesquisas afirmar que cerca de 40% das mulheres não conseguem chegar ao orgasmo. 70% dessas mulheres chegam lá através da estimulação do clitóris, tanto com as mãos quanto com instrumentos. Como a estimulação do clitóris é indireta durante a penetração, menos mulheres têm orgasmo sem a masturbação ou sexo oral.

    Leia também:

    Tenho mais prazer com o vibrador do que com meu parceiro
    Meu companheiro tem Aids! E agora?
    Você já ouviu falar sobre pompoarismo?

    Especialistas afirmam que fatores psicológicos podem atrapalhar, ou até mesmo impedir a mulher de chegar lá. Há quem enxergue o sexo e a masturbação como uma coisa suja, mas a sexualidade deve ser vista com naturalidade. Converse com seu parceiro e descubra com ele o que mais agrada a ambos. Se ainda assim não conseguir atingir o orgasmo, procure um ginecologista.

    Para te ajudar a chegar lá, selecionamos algumas dicas bem legais.

    Conheça seu corpo

    O primeiro passo para conseguir ter qualquer tipo de prazer, é conhecer o próprio corpo. Masturbe-se, toque-se, pode ser durante o banho mesmo, se tiver vergonha, ninguém vai desconfiar que você está se divertindo. Não tenha vergonha de si. O corpo é seu, e é ele que vai te dar prazer. Você precisa ser íntima de você mesma e saber do que gosta, assim, você saberá como conduzir o parceiro a fazer o que mais te agrada.

    Nem sempre o orgasmo é intenso.

    Não espere ver estrelas ou entrar em mundo psicodélico. O orgasmo é um prazer crescente, que precisa de estímulo para continuar crescendo até que você chegue ao clímax. Mas você precisa estar relaxada para chegar lá. Entregue-se e esqueça o mundo lá fora. Não deixe que os problemas do trabalho ou o estresse do dia a dia atrapalhe esse momento.

    Preliminares

    As preliminares não são responsáveis pela intensidade do orgasmo. Apesar de serem extremamente importante, pois elas permitem que a mulher fique mais relaxada, facilitando o orgasmo, que é resultado exclusivo da excitação.

    Não existe um mapa a ser seguido para que você tenha um orgasmo. Cada mulher sabe os lugares específicos de seu corpo capazes de intensificar o próprio prazer. As sensações são únicas, nem tente comparar com as amigas, porque nem sempre os gostos são parecidos. O que te excita pode não excitar a todas e vice-versa.

    E o tempo?

    A mulher costuma demorar mais para chegar lá. Ter pressa não vai ajudar em nada, não fique encanada pensando quem tem que gozar logo. Relaxe e aproveite, sinta o prazer aumentando gradativamente. Em algumas situações, a mulher pode ter orgasmo em poucos minutos, mas tudo influencia. A fantasia de estar em lugar proibido, por exemplo, pode aumentar – e muito – o desejo, não só da mulher, mas de ambos.

    Muitos pensam que o homem chega ao orgasmo quando ejacula, mas não é a mesma coisa. O orgasmo é uma sensação de prazer intenso, já a ejaculação é apenas a eliminação do esperma. Geralmente, elas ocorrem ao mesmo tempo para os homens, daí a confusão.

    Ponto G

    O ponto G é um conceito bastante questionado, pois ainda não há nenhuma comprovação de que ele existe. A certeza que temos é a de que nosso corpo possui pontos específicos – zonas erógenas, que vão além da região genital – que, quando estimulados, nos proporcionam prazer intenso e favorecem o orgasmo. Nos homens, as regiões mais sensíveis são o períneo e o ânus, que se tocadas estimulam a próstata e facilitam a ereção. Mas muitas mulheres afirmam que o parceiro não deixa nem chegar perto. Nas mulheres, os primeiros centímetros do canal vaginal são mais sensíveis e estão diretamente ligados ao aumento da excitação.

    Apesar da não comprovação da existência do ponto G, a natureza é perfeita e permite que todos sejam aptos – biologicamente – a ter orgasmos, exceto pessoas que têm alguma doença que possa comprometer a resposta sexual. O orgasmo e a excitação estão fortemente ligados a fatores emocionais, principalmente para as mulheres. Então, para que o prazer seja garantido, entregue-se. Caso haja dificuldade em sentir prazer ou chegar ao orgasmo, procure um médico o quanto antes.

    Mulher também ejacula?

    A medicina ainda não conseguiu comprovar se as mulheres ejaculam ou não. O que os especialistas dizem é que algumas mulheres ficam mais lubrificadas que as outras, devido às glândulas no canal vaginal. Para os homens, o líquido fica armazenado e é liberado em um determinado momento, já para as mulheres, ele é liberado durante toda a relação, permitindo que a mulher fique lubrificada e não haja atrito entre o pênis e a vagina no momento da penetração.

    Saiba como atingir um orgasmo inesquecível

    Há mulheres que nunca alcançaram um orgasmo e por isso as especialistas em sexo Sadie Alison e Yvonne Fulbright em entrevista à revista “Cosmopolitan” explicam como alcançar o orgasmo vaginal e o clitoriano de uma só vez. As especialistas dizem que a união dos dois orgasmos pode tornar a relação a melhor de todos os tempos.

    Alguns dizem que ele não existe, mas as especialistas garantem que o primeiro passo para conquistar o orgasmo perfeito está em localizar o famoso “ponto G”. O ideal é que o parceiro use a língua, os dedos ou até mesmo um vibrador em velocidades alternadas para ajudar a parceira nessa tarefa. Texturas, formatos e a variação da velocidade estimulam mais terminações nervosas o que torna mais fácil a obtenção do orgasmo vaginal e clitoriano.

    Leia também:

    Quer tirar o fôlego do seu amado? Invista no stripper burlesco
    O que você pode fazer para deixar seu homem incrível na cama
    Dez partes do corpo que os homens desejam ser tocados

    O orgasmo vaginal demora um pouco mais para ser alcançado do que o clitoriano por isso, é importante que o sexo dure um bom tempo. Quanto mais dura a relação sexual, maior é a quantidade de sangue que corre pelo corpo provocando estímulos de prazer. Olhar para o parceiro também é muito importante, ver o prazer dele te ajuda a se concentrar nas sensações que estão experimentando e a atingir o clímax. Durante o sexo oral também mantenha os olhos fixos no parceiro, observe os movimentos que ele realiza e a vontade com que ele faz.

    Lubrificante – Use a substância na região do clitóris para a sensação ser agradável e o contato suave como seda.

    Posição “cachorrinho” – Essa posição é a ideal para alcançar a combinação dos dois tipos de orgasmo. O ângulo do corpo facilita o parceiro atingir o “ponto G” e como ele não terá que sustentar o corpo com os braços, pode usar as mãos para massagear o clitóris durante a relação.

    Movimentos circulares – Nada de ficar parada, gire o quadril em círculo ou peça ao parceiro para balançar o pênis para frente e trás durante a relação. Os movimentos mais sutis estimulam o “ponto G”. Esqueça os movimentos usuais!

    Travesseiro – Use um travesseiro de baixo do bumbum para tornar o “ponto G” mais acessível para o parceiro. Mudar a inclinação faz com que no momento da penetração o homem encontre a região que proporciona mais prazer à mulher. A posição ainda permite que a mulher massageie o próprio clitóris.

    Por cima – Use o sofá, sente-se no colo dele e tome pra si o controle da relação, Nessa posição o homem pode estimular o “ponto G” da mulher com os dedos.

    Zonas erógenas – Junto com o parceiro, busque as áreas esquecidas do corpo. Pescoço, mamilos e orelhas são exemplos de regiões que podem esquentar o sexo.

    Tesoura sensual – Segundo as especialistas esta posição desperta o clitóris. Para realiza-la é simples: cruze as pernas, de modo que as coxas fiquem unidas.

    Pompoarismo – Ser capaz de apertar o pênis do parceiro durante o sexo aumenta as sensações vaginais – sem falar que deixa o homem louco – por isso, pratique exercícios para fortalecer as paredes da vagina.

    Atinja o orgasmo sozinha – Ninguém melhor do que você mesma para saber o que é bom ou não. Use um vibrador para estimular o ponto G e o clitóris ao mesmo tempo. A dica das especialistas é para também explorar posições diferentes com o aparelho.

    orgasmofemininoo

    Algumas posições podem ajudar a chegar ao orgasmo

    Comente

    Comente

    You must be logged in to post a comment Login

    ...